Festa em Casa: 5 motivos para fazer uma

Os tempos que seguirão a pandemia de covid-19 serão diferentes do que ja vivemos até hoje. As magnitudes das transformações ainda são difíceis de prever, podemos apenas imaginar aos poucos conforme vamos absorvendo novos acontecimentos e a nossa nova realidade.

Com isso em mente, parece que a festa em casa vai ser uma forte tendência para o nosso futuro. Eu, muito antes disso tudo acontecer, sempre fui fã de festa em casa. E antes que você se desespere imaginando o fim das grandes festas infantis, deixa eu te mostrar alguns motivos porque acredito que a festa em casa é muito mais gostosa.

Ah, antes de continuar, quando eu me refiro a festa em casa, também incluo festas em salão de festas dos condomínios, claro!

Decoração linda para a festa em casa. Foto Ana Kobashi Fotografia

1 – Mais tempo para quem realmente importa

Quem casou com grandes festas, com um milhão de convidados, pode atestar com propriedade que: quanto mais pessoas no evento, menos tempo você passa com cada uma delas. E então parece que a festa virou uma grande vitrine de felicidade e conquista, sem muita conexão com as pessoas que amamos.

Quero obviamente pensar em festa infantil, que afinal de contas é algo que vivencio com muito mais frequência. Por quanto tempo da festa os pais ficam efetivamente com a criança? Quanto avós e tios conseguem brincar com o aniversariante nas festas grandes?

Pois é! Parece que o que realmente importa quase não tem espaço em uma festa grande de buffet. É claro que conforme as crianças vão crescendo, elas querem mesmo aproveitar os brinquedos e aí tudo muda de figura. Mas será que uma festa de 150 (ou mais) convidados num grande (e barulhento) buffet infantil é a melhor pedida nas festas de 1, 2, 3 anos?

Festa em casa, com menos gente acaba sendo com muito mais interação, muito mais conexão, com muita mais conversa de família, com muito mais tempo curtido com o aniversariante…! Ou seja. mais tempo para o que realmente importa!

Decoração linda para a festa em casa. Foto Ana Kobashi Fotografia

2 – Festa em casa com decoração personalizada

Eu vejo diversos tipos de decoração de festa infantil. Então posso dizer com propriedade que a pior delas é aquela decoração padrão de buffet infantil com grandes “esculturas” num material esquisito e cheio de bonecos e pelúcia.

Pode ser barata, pode ser prática, mas convenhamos, dificilmente é realmente bonita. Uma papelaria personalizada, alguns elementos do tema, vasos de flores e bexiga dão conta de sustentar uma festa muito mais bonita em casa! Menos é mais!

Pinterest e instagram são ótimas fontes de idéia para uma festa em casa super charmosa. Eu sou fã do @festapapeletesoura que é uma empresa de papelaria minimalista que combina demais com a festa em casa! (Não é publi) Veja bem, não é necessário uma mesa gigante em casa, opte por uma decoração menor, principalmente se o objetivo for reduzir o custo das festas.

Se a festa for dentro da sua casa, os bolos e doces podem ficar em uma mesa lateral pequena, ou num buffet, lembre-se, o objetivo principal é reunir que amamos.

Decoração de festa em casa. Festa Papel e Tesoura (@festapapeletesoura)
Foto: Festa Papel e Tesoura

3 – Ambiente agradável para a família toda: sua casa

Eu tenho um tio super engraçado e meio ranzinza que disse uma vez pra mim: você já reparou que buffet infantil é um lugar insalubre? (hahaha)

Mas o pior de tudo é que ele tem um pouco de razão! Festa de criança já é barulhenta por conta das próprias crianças brincando, mas acrescenta brinquedos barulhentos, uma música infantil alta, microfone dos animadores, som da balada (quando tem) e fumaça! O resultado muitas vezes é um espaço confuso e cheio de barulho que praticamente não da para conversar.

Tenho certeza que muitos adultos sem filhos, e pessoas mais velhas vão para prestigiar o aniversariante mas não gostam de ir em uma festa infantil em buffet.

É claro que existem vários buffets com propostas diferentes que tem um espaço super gostoso, mas esse não é o padrão.

Já um almoço em família, todo mundo gosta de ir! Espaço agradável e com pessoas que amamos, festa em casa não tem erro!

Brincadeiras da festa em casa. Foto Ana Kobashi Fotografia

4 – O aniversariante participa na organização da festa

Fazendo uma festa em casa você pode colocar a família para trabalhar! E de repente a organização da festa pode se tornar uma atividade divertida.

Já fui em festa que os aniversariantes ajudaram a fazer a lembrancinha! E todo mundo amou!! Essa dica vale principalmente para as crianças maiores, claro!

Montar ou decorar as lembrancinhas vira uma atividade no período que antecede a festa e ajuda a ensinar para as crianças o valor de uma festa de aniversário. Entender que cada detalhe da festa da um trabalho enorme para fazer, faz com que elas aprendam a valorizar mais o aniversário.

É claro que você não precisa fazer tudo sozinha, tem buffets que atendem em casa com uma comidinha caseira super gostosa! a decoração pode ser contratada, animação ou brinquedos para as crianças. E muitas outras coisas podem ser incluídas no evento.

Mas quando for pensar em festa em casa, pense em festa menor também. E no objetivo principal que seria reunir as pessoas mais importantes!

Baile de Carnaval na festa em casa. Foto Ana Kobashi Fotografia

5 – Festa em casa: uma lição sobre felicidade?

Já presenciei festas enormes e chiques, cheia de brinquedos, animação, teatro, personagem com aniversariantes que foram embora sem dar 1 único sorriso na festa. Por outro lado, estive em festas pequenas em casa, sem sofisticação, sem luxo, sem nada que o aniversariante gargalhava de tanta alegria!

As crianças nos ensinam sobre muitas coisas se a gente souber observar e refletir sobre aquilo que acontece na nossa frente.

Já reparou como muitas vezes a criança se diverte mais com a caixa do que o presente em si? Ou quando um sapato ou um colar são infinitamente mais interessantes que os brinquedos caros e sofisticados?

A gente, muitas vezes, da muita importância para as coisas, para os bens materiais e para o que possuímos. Mas não é aí que está a verdadeira felicidade.

A felicidade esta nas pequenas coisas, está em saber curtir as pequenas alegrias. Viver o presente, o momento, da melhor forma que podemos. Dar menos importância ao tamanho da festa, aos brinquedos, aos personagens, e valorizar o que realmente importa, a família, o abraço, o carinho, a brincadeira, a risada. Essa sim vai ser uma lição e tanto! Para os pequenos e para a gente.

Antes de ir embora, que tal ler esse post sobre as 5 fotos que não podem faltar em uma festa?

Na festa em casa da pra curtir os brinquedos do playground. Foto Ana Kobashi Fotografia